quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

HORA DO CONTO

O QUE: HORA DO CONTO
DATA: 11/12/09
HORA: 14:00

ATIVIDADE:
  • RODADA DE LEITURA
  • MOSTRA DE VÍDEO
  • CONTAÇÃO DE HISTÓRIA COM FANTOCHE
VOCÊ NÃO PODE FICAR DE FORA!!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA



O QUE: IV MARCHA EM EXALTAÇÃO AO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
QUEM: FÓRUM DE CULTURA DO SUBÚRBIO FERROVIÁRIO DE SALVADOR

DIA DO SAMBA - VIVA O SAMBA

EU CANTO SAMBA

Paulinho da Viola

Eu canto samba
Porque só assim eu me sinto contente
Eu vou ao samba
Porque longe dele eu não posso viver
Com ele eu tenho de fato uma velha intimidade
Se fico sozinho ele vem me socorrer
Há muito tempo eu escuto esse papo furado
Dizendo que o samba acabou
Só se foi quando o dia clareou

O samba é alegria
Falando coisas da gente
Se você anda tristonho
No samba fica contente
Segure o choro criança
Vou te fazer um carinho
Levando um samba de leve
Nas cordas do meu cavaquinho.

__________________________________


SAMBA DA BÊNÇÃO

Vinícius de Moraes

...

Fazer samba não é contar piada
E quem faz samba assim não é de nada
O bom samba é uma forma de oração.

...

Porque o samba nasceu lá na Bahia
E se hoje ele é branco na poesia
Se hoje ele é branco na poesia
Ele é negro demais no coração.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

HORA DO CONTO NO LARGO DO PARQUE SÃO BARTOLOMEU

O QUE: LEITURA NA PRAÇA
QUEM: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA PAULO FREIRE
ONDE: PARQUE SÃO BARTOLOMEU
DATA: 28/11/09
HORA: 9:00 ÀS 12:30

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Livros mais lidos na BPF - Novembro/2009

2 vezes lidos
1984 - George Orwell
O Último Voo do Flamengo - Mia Coutos
O Alienista e Outros Contos - Machado de Assis

GRANDES LEITORES

Novembro/2009
Escreva seu nome neste espaço.
Mostre, com orgulho,
que você é um (a) leitor (a)
Homens
1º lugar
------------------------------------------
2º lugar
------------------------------------------
3º lugar
a) Antonio Nascimento de Jesus ( 3 livros )
b) Luan Ferreira Silva ( 3 livros )
c) Andre Luíz Brito Cruz ( 2 livros )
d) Dalvan de Paula Silva (2 livros )
Mulherres
lugar
-----------------------------------------
2º lugar
-----------------------------------------
3º lugar
a) Ubaldina Maria Muniz dos Santos ( 3 livros )
Regras
1º lugar - 6 ou mais livros lidos no mês
2º lugar - 4 ou 5 livros lidos no mês
3º lugar - 2 ou três livros lidos no mês

sábado, 7 de novembro de 2009

Poemas de Mário Quintana

DO AMOROSO ESQUECIMENTO

Eu agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

Mario Quintana - Espelho Mágico


DAS UTOPIAS

Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos se não fora
A mágica presença das estrelas!

Mario Quintana - Espelho Mágico


O SILÊNCIO

Convivência entre o poeta e o leitor, só no silêncio da leitura a sós. A sós, os dois. Isto é, livro e leitor. Este não quer saber de terceiros, n ão quer que interpretem, que cantem, que dancem um poema. O verdadeiro amador de poemas ama em silêncio...

Mario Quintana - A vaca e o hipogrifo

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Livros mais lidos na BPF - outubro/2009

3 vezes lidos
Um Pequena Luz na Escuridão - Giberto Martins

2 vezes lidos
Senhora - José de Alencar
Diva - José de Alencar


"A leitura transforma o leitor e o leitor transforma o mundo"

GRANDES LEITORES

Outubro/2009
Escreva seu nome neste espaço.
Mostre, com orgulho,
que você é um (a) leitor (a)

Homens
1º Lugar
----------------------------
2º Lugar
a) Antonio Nascimento de Jesus ( 4 livros)
3º Lugar
a) Manoel de Jesus Souza (2 livros)
b) Rafael Felix da Silva (2 livros)
c) Andre Luis Brito Cruz (3 livros)

Mulheres
1º Lugar
------------------------------
2º lugar
a) Maria Helena Paim Marques (2 livros)
3º Lugar
--------------------------------

Regras:

1º Lugar - 6 ou mais livros lidos no mês

2º Lugar - 4 ou 5 livros lidos no mês

3º Lugar - 2 ou três livros lidos no mês

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

DIA NACIONAL DO LIVRO - 29 de Outubro

OS LIVROS SÃO LUGARES MARAVILHOSOS EM QUE NÃO PRECISAMOS SAIR DO LUGAR PARA PARTICIPAR DE UMA GRANDE E DIVERTIDA AVENTURA. OS LIVROS TÊM BASTANTE COISAS LEGAIS PRA GENTE VER, OUVIR, APRENDER, CONTAR...

ARIANE CERQUEIRA SANTOS, 9 ANOS
HORA DO CONTO

DIA NACIONAL DO LIVRO - 29 de Outubro


DIA NACIONAL DO LIVRO

Você sabe que dia é hoje?
Hoje é dia do livro! Isso mesmo, aquele monte de folhas que guardam histórias super legais, que a mamãe conta pra gente antes de dormir, ou aquele que a gente leva para a escola para estudar e fazer lição.O livro é muito importante, pois é nele que podemos registrar os fatos históricos, as fórmulas de matemática, os elementos de ciências, as poesias, etc. Corra até a biblioteca mais próxima e comemore este dia lendo um ótimo livro!



LIVROS
Os livros, penso que são
Como portas encantadas,
Que levam a lindas terras,
Onde moram anões e fadas.
Lugares longe e tão belos
Aonde eu não podia ir,
Mas, agora, com esta porta,
É só ter cuidado e... abrir.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

HORA DO CONTO- OUTUBRO





BLOCO IX – SEMANA DA CRIANÇA

PÚBLICO:CRIANÇAS DE ESCOLAS MUNICIPAIS, CRECHES COMUNITÁRIA, COMUNIDADE
DATA: 13 A 16 DE OUTUBRO DE 2009

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

COMEMORAÇÃO DA SEMANA DA LEITURA

O QUÊ? 1º CORTEJO LITERÁRIO DO SUBÚRBIO FERROVIÁRIO
QUANDO? SEXTA-FEIRA 16 DE OUTUBRO DE 2009, ÀS 09 H
ONDE? AV AFRÂNIO PEIXOTO (AV. SUBURBANA), DO LUSO AO LARGO DE ESCADA
QUEM? BIB. COM. PAULO FREIRE/SOFIA CENTRO DE ESTUDOS
EMREDANDO LEITURAS
MOVIMENTO DE CULTURA DO SUBÚRBIO
CRE SUBÚRBIO I
ESC. COM. NSª SRª DE ESCADA

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Livros mais lidos na BPF em Setembro/2009

Cadernos Negros, Aberlardo Rodrigues
O Xangô de BakerStreet, Jô Soares
Vidas Secas, Graciliano Ramos

GRANDES LEITORES

Agosto/2009
Escreva seu nome neste espaço
Mostre, com orgulho, que você é um(a) leitor(a)
Mulheres
1º lugar
--- ---
2º lugar

a) Marcia Cardoso Silva (5 livros)
3º lugar
a) Jucilene Ferreira Cerqueira (3 livros)
b) Nairam Raiara dos Santos Barbosa (3 livros)
c) Maria Helena Paim Marques (2 livros)
Homens
1º lugar
--- ---
2º lugar
--- ---
a) Nilton Ariston Lobo Filho (3 livros)
b) Antonio Nascimento de Jesus (2 livros)
c) Armando Angelo Nascimento (2 livros)
d) Tiago Saldanha dos Santos (2 livros)

REGRA
1º lugar - 6 ou mais livros lidos no mês
2º lugar - 4 ou 5 livros lidos no mês
3º lugar - 2 ou 3 livros lidos no mês

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

RIO 2016

RIO DE JANEIRO VENCE A DISPUTA E SERÁ A SEDE DAS OLIMPÍADAS DE 2016.
A PRIMEIRA CIDADE A SER ELIMINADA FOI CHICAGO, SEGUIDA POR TÓQUIO. NA DISPUTA FINAL COM MADRI, O RIO VENCE POR 66 VOTOS CONTRA 32.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Ou Isto Ou Aquilo- Cecília Meireles

Ou se tem chuva e não se tem sol,
ou se tem sol e não se tem chuva!
Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!
Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.
É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo nos dois lugares!
Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.
Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo...
e vivo escolhendo o dia inteiro!
Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.
Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Mensagem

"Se tudo o que agente puder fazer no sentido de convocar os que vivem em torno da escola, e dentro da escola, no sentido de participarem, de tomarem um pouco o destino da escola na mão, também. Tudo o que a gente puder fazer nesse sentido é pouco ainda,considerando o trabalho imenso que se põe diante de nós que é o de assumir esse país democraticamente".
(Paulo Freire)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

HORA DO CONTO



BLOCO VIII- PRIMAVERA LITERÁRIA


DATA: 25/09/09

HORA: 14:00h

LOCAL: BIBLIOTECA PAULO FREIRE


VENHA! VAI SER DEMAIS.

sábado, 19 de setembro de 2009

10 DICAS SIMPLES PARA PARTICIPAR DA VIDA ESCOLAR DOS SEUS FILHOS

  • Converse com seu filho sobre a escola e peça a ele que ensine algo que aprendeu. Isso fixa o conteúdo.
  • Garanta que ele vá às aulas todos os dias, na hora certa. faltas atrapalham.
  • Acompanhe a lição de casa, ofereça ajuda, mas não resolva os problemas dele.
  • Não o deixe ficar para trás. se ele tiver dificuldade, veja com o professor como ajudá-lo.
  • Transforme a leitura em uma atividade divertida.
  • Escreva bilhetinhos ou e-mails para seu filho- assim ele perceberá a importância da escrita.
  • Vá às reuniões de pais e mestres. Você saberá o que e como seu filho está aprendendo.
  • Mostre que você admira o professor e ensine seu filho a respeitá-lo.
  • Valorize o trabalho de seu filho, vá a exposições, apresentações e festas.
  • Toda escola pública tem uma nota, o ideb. veja em Educar para crescer.com.br/nota-da-escola

fonte: Educar para Crescer

AMOR SÓ DE LETRAS


Conta a história que dom Pedro II casou-se sem conhecer a sua noiva.
Tinha visto um quadro com a cara da princesa. Casamento de interesses políticos lá dos portugueses, fazer o que? E quando a moça chegou no porto do Rio de Janeiro - consta - que ele fez uma cara emocionada. Pela feitura da imperial donzela. Mas casou, era o destino, era a desdita.
Tenho um avô que foi pedir mão da moça e o pai dela disse:
- Essa tá muito novinha. Leva aquela.
E ele levou aquela que viria a ser a minha avó. Ah, a outra morreu solteirona.
Quando aconteceu o grande boom da imigração japonesa, alguns anos depois, familiares que lá ficaram mandavam noivas para os que cá aportaram. Tudo no escuro. E de olhinhos fechados, ainda por cima.
De uns tempo para cá, o conceito da escolha foi mudando. Até ir para a cama antes, valia. Ficava-se antes.
Só que agora, finzinho do finzinho do século, surgiu um outro tipo de casamento. O casamento de letras. Letras de textos. O texto - finalmente, digo eu, escritor - virou casamenteiro. Apaixona-se, hoje em dia, pelo texto. Via internet. Via cabo, literalmente.
Conheço quatro casos bem próximos. Gente que desmanchou o casamento de carne e osso por uma aventura no mundo das letras.
Claro que estou me referindo aos encontros via Internet. Começa no chat, com o texto. Gostou do texto, leva para o reservado. E lá, rola. Eu mesmo já me envolvi perdidamente por dois textos belíssimos. Moças de vírgulas acentuadas, exclamações sensuais e risos de entortar qualquer coração letrado ou iletrado.
Sim, pela primeira vez nesta nossa humanidade já tão velhinha, as pessoas estão se conhecendo primeiramente pela palavra escrita. E lida, é claro.
Já disse, isso envaidece qualquer escritor. Agora, o texto pode levar ao amor. Uma espécie de amor-de-texto, amor-de-perdição.
A relação, o namoro, começa ali no monitor. Você pode passar algumas horas, dias e até semanas sem saber nada da outra pessoa. Só conhece o texto dela.
E é com o texto que vai se fazendo o charme. Você ainda não sabe se a pessoa é bonita ou feia, gorda ou magra, jovem ou velha. E, se não for esperto, nem se é homem ou mulher. Mas vai crescendo uma coisa dentro de você. Algo parecidíssimo com amor. Pelo texto.
Pouco a pouco, você vai conhecendo os detalhes da pessoa. Idade, uma foto, a profissão, a cor. Inclusive onde mora. Sim, porque às vezes você está levando o maior lero com o texto amado e descobre que ele vem lá da Venezuela. Ou do Arroio Chuí. Mas se o texto for bom mesmo, se ele te encanta de fato e impresso, você vai em frente. Mesmo olhando para aquela fotografia - que deve ser a melhor que ela tinha para te escanear (ou seria sacanear, me perdoando o trocadilho fácil) você vai em frente. "Uma pessoa com um texto desses..."
A tudo isso o bom texto supera.
Quando eu ouvia um pai ou mãe dizendo "meu filho fica horas na Internet", todo preocupado, eu também ficava. Até que, por força do meu atual trabalho, comecei a navegar pela dita suja.
E descobri, muito feliz da vida, que nunca uma geração de jovens brasileiros leu e escreveu tanto na vida. Se ele fica seis horas por dia ali, ou ele está lendo ou escrevendo. E mais: conhecendo pessoas. E amando essas pessoas.
Jamais, em tempo algum, o brasileiro escreveu tanto. E se comunicou tanto. E leu tanto. E amou tanto.
No caso do amor ali nascido, a feitura, o peso, a cor, a idade ou a nacionalidade não importam. O que é mais importante é o texto. O texto é a causa do amor.
Quando comecei a escrever um livro pela internet, muitos colegas jornalistas me entrevistavam (sempre a mim e ao João Ubaldo) perguntando qual era o futuro da literatura pela Internet.
Há quatro meses atrás eu não sabia responder a essa pergunta. Hoje eu sei e tenho certeza do que penso:
- Essa geração vai dar muitos e muitos escritores para o Brasil. E muita gente vai se apaixonar pelo texto e no texto.
Existe coisa melhor para um escritor do que concluir uma crônica com isso?
Quer uma prova? Estou fazendo um concurso de crônicas no meu site (marioprataonline.com.br), entre os leitores/escritores. Entre lá e veja o nível. Pessoas que há pouco tempo atrás odiava escrever redação nas escolas, estão descobrindo o texto. Leiam e me digam se eu não estou certo. E são jovens, muito jovens.
Como diria Shakespeare, palavras, palavras, palavras.
Como diria Pelé, love, love, love.
(Autor: Mário Prata)

LER È DIVERTIDO...

"Os livros iluminam, o conhecimento encanta"

LIVRO: A BRUCHA E O CALDEIRÃO
AUTOR: JOSÉ LEON MACHADO
EDICÕES VERTICAL

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

PIPA


Uma pipa ou papagaio , também designada no Brasil como cafifa, papagaio, quadrado, piposa, pandorga (no Rio Grande do Sul), arraia ou pepeta (em estados como Acre e Amazonas) é um brinquedo que voa baseado na oposição entre a força do vento e a da corda segurada pelo operador.
É composta de uma estrutura armada que suporta um plano de papel que tem a função de asa, sustentando o brinquedo. Conforme o modelo pode contar com uma rabiola, que é um adereço preso na parte inferior para proporcionar estabilidade, geralmente feitas de fitas plásticas finas ou de papel, ou mesmo de pano, amarradas a uma linha.
É um dos brinquedos mais utilizados por crianças, adolescentes e até adultos. Na maiorias das vezes, não há um local apropriado para a prática desta brincadeira. Os pipeiros, como são chamados, acabam brincando em meio a fios de alta tensão em ruas e avenidas.
Muitos pipeiros molham a linha da pipa com cerol, uma substância resultante da mistura de cola e vidro, com o intuito de cortar a linha de outros operadores, em um tipo de disputa. Tal prática acaba provocando acidentes com os próprios pipeiros e com outras pessoas como, por exemplo, motoqueiros que tem seus pescoços cortados ao serem atingidos pela linha.
CUIDADOS AO BRINCAR COM PIPAS
1-Não soltar pipas em dias de chuva ou relâmpagos.
2-Não soltar pipas perto de fios telefônicos, elétricos ou de antenas. Procure lugares abertos como praças, parques, campos de futebol, etc.
3-Se a pipa enroscar nos fios, não tente tirá-la. Sempre é melhor perder a pipa do que a vida.
4-Não use linha metálica como fio de cobre de bobinas.
5-Não use linha cortante ( cerol ). É grande o risco de cortar as pessoas com ela, e inclusive você mesmo.
6-Use luvas para não queimar as mãos na linha.
7- Atenção com motos e bicicletas. A linha pode ser perigosa para seus
condutores.
8-Olhe bem onde pisa, especialmente para trás
9-Olhe bem onde pisa, especialmente para trás
10-Não empine pipas em lajes e telhados, pois uma queda poderá ser fatal.
11- Cuidado com as ruas e lugares movimentados.

Eu, Etiqueta

Em minha calça está grudado um nome
que não é meu de batismo ou de cartório,
um nome... estranho.
Meu blusão traz lembrete de bebida
que jamais pus na boca, nesta vida.
Em minha camiseta, a marca de cigarro
que não fumo, até hoje não fumei.
Minhas meias falam de produto
que nunca experimentei
mas são comunicados a meus pés.
Meu tênis é proclama colorido
de alguma coisa não provada
por este provador de longa idade.
Meu lenço, meu relógio, meu chaveiro,
minha gravata e cinto e escova e pente,
meu copo, minha xícara,
minha toalha de banho e sabonete,
meu isso, meu aquilo,
desde a cabeça ao bico dos sapatos,
são mensagens,
letras falantes,
gritos visuais,
ordens de uso, abuso, reincidência,
costume, hábito, premência,
indispensabilidade,
e fazem de mim homem-anúncio itinerante,
escravo da matéria anunciada.
Estou, estou na moda.
É doce estar na moda,
ainda que a modaseja negar minha identidade,
trocá-la por mil, açambarcando
todas as marcas registradas,
todos os logotipos do mercado.
Com que inocência demito-me de ser
eu que antes era e me sabia
tão diverso de outros, tão mim-mesmo,
ser pensante, sentinte e solidário
com outros seres diversos e conscientes
de sua humana, invencível condição.
Agora sou anúncio,
ora vulgar ora bizarro,
em língua nacional ou em qualquer língua
(qualquer, principalmente).
E nisto me comprazo, tiro glória
de minha anulação.
Não sou - vê lá - anúncio contratado.
Eu é que mimosamente pago
para anunciar, para vender
em bares festas praias pérgulas piscinas,
e bem à vista exibo esta etiqueta
global no corpo que desiste
de ser veste e sandália de uma essência
tão viva, independente,
que moda ou suborno algum a compromete.
Onde terei jogado fora
meu gosto e capacidade de escolher,
minhas idiossincrasias tão pessoais,
tão minhas que no rosto se espelhavam,
e cada gesto, cada olhar,
cada vinco da roupa
resumia uma estética?
Hoje sou costurado, sou tecido,
sou gravado de forma universal,
saio da estamparia, não de casa,
da vitrina me tiram, recolocam,
objeto pulsante mas objeto
que se oferece como signo de outros
objetos estáticos, tarifados.
Por me ostentar assim, tão orgulhoso
de ser não eu, mas artigo industrial,
peço que meu nome retifiquem.
Já não me convém o título de homem.
Meu nome novo é coisa.
Eu sou a coisa, coisamente.
(Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

HORA DO CONTO



BLOCO VIII - PRIMAVERA LITERÁRIA

DATA: 11/09/09
LOCAL: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA PAULO FREIRE

ATIVIDADE:
  • LEITURA GRUPAL DO LIVRO: "A FLORESTA POLUÍDA"
  • PINTURA LIVRE
  • JOGOS E BRINCADEIRAS

NÃO PERCA, CRIANÇADA, ESTA SEXTA TÁ DEMAIS!!

sábado, 5 de setembro de 2009

LER É DIVERTIDO...

"Os livros iluminam, o conhecimento encanta"

"A busca de conhecimento por meio da leitura tem de tornar-se uma prioridade e deveria ser incrementada logo na infância. Desde muito cedo se incute nas crianças tailandesas o desejo de conhecimento pela leitura, com base numa tradição e numa cultura sublimes. Os pais são os primeiros professores das crianças e os monges tornam-se os principais mentores da sua orientação e educação, intelectual e mental, tanto no que respeita aos assuntos do mundo como no tocante aos valores espirituais.Encontrei inspiração para a minha ilustração em ancestrais tradições do meu país. Por um lado, a tradição de contar histórias às crianças, por outro, a de aprender pela leitura de inscrições em folhas de palmeira e em tabuinhas que se destinam a ser lidas.As narrativas escritas em folhas de palmeira provêm da tradição budista. Contam a vida de Buda e recontam histórias das jatakas [fábulas e parábolas], com a nobre intenção de cultivar as mentes jovens e de lhes instilar fé, imaginação e um sentido moral".
(Chakrabhand Posayakrit)
fonte:
http://amagiadaleitura3.blogspot.com

LIVRO: NINGUÉM É PERFEITO
AUTOR: MÁRIO GOMBOLI
EDITORA: PAULUS

" DENTES TORTOS, ORELHAS DE ABANO, GAGUEIRA, FÍSICO UM POUCO GORDO: TODOS ELEMENTOS QUE PODE DEIXAR ALGUÉM INSEGURO OU INFELIZ.
NESTE LIVRO, LOMBINHO AJUDA O SEU AMIGO PATINHO FEIO A ENTENDER QUE MUITAS VEZES AQUILO QUE CONSIDERAMOS DEFEITOS SÃO SOMENTE CARACTERÍSTICAS PESSOAIS QUE NOS TORNAM DIFERENTES E, SOBRETUDO, ÚNICOS".

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

INCENTIVO A LEITURA

Reserve um horário durante o dia, um espaço na sua rotina, alguns dias da semana para ler um livro. Com certeza, sua vida será mais saudável e você estará investindo em seu próprio intelecto. Assim como o alimento é necessário para o corpo, a leitura é indispensável para o espírito. Leia. Cultive o hábito da leitura.
O livro é um amigo incondicional, imortal. Aprecie-o, indique-o a alguém, não o abandone, visite-o periodicamente. Leia um, dois, três, dez, trinta, cem, duzentos, todos os livros que quiser ou puder. Conserve-os com carinho na sua modesta biblioteca e chame-os de amigos, eternos amigos no acervo do seu coração -Leia, procure se adaptar a um estilo literário que mais lhe agrada.

-Leia revistas e jornais para ficar atualizado e desenvolver seu senso crítico sobre diversos assuntos atuais.
-Atualize-se, não perca tempo porque o tempo é um bem precioso.
-Monte uma biblioteca em sua residência ou na empresa.
-Freqüente e associe-se nas bibliotecas de sua cidade.
-Leia com seus filhos e incentive-os desde pequenos a cultivarem o hábito da leitura.-Muita gente diz que não gosta de ler, que não tem tempo e dão outras desculpas inaceitáveis, mas ficam horas e horas na Internet.

A Internet jamais substituirá a importância do livro. Portanto, é preciso conscientizar as crianças, os jovens e também os adultos a fazerem o bom uso da Internet que é um instrumento espetacular e fundamental nessa nova era, mas jamais desprezar a função dos livros durante nossa formação profissional e intelectual.

-Quem lê consegue desenvolver técnicas de redação. Uma grande porcentagem de pessoas são reprovadas no vestibular e em entrevistas nas empresas porque não lêem.
-As grandes produções do cinema e da televisão nasceram nas páginas de um livro.
“Ler ou não ser. Eis a questão”
FONTE: www.luizinhobastos.com/incentivo.asp

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

LER É DIVERTIDO...

"Viajar pela leitura sem rumo, sem intenção.
Só para viver a aventura que é ter um livro nas mãos.
É uma pena que só saiba disso quem gosta de ler.
Experimente! Assim sem compromisso, você vai me entender.
Mergulhe de cabeça na imaginação"!
Clarice Pacheco


LIVRO: TODOS OS PATINHOS
AUTOR: CHIRSTIAN DUDA
EDITORA: COSAC NAIFY

"NESTE LIVRO UMA RAPOSA CHAMADA CONRADO DEIXA A FOME PARA LÁ DEPOIS QUE UM PATINHO NASCE DE UM OVO ROUBADO POR ELA. MESMO COM TODAS AS DIFERENÇAS, ELES SE APROXIMAM, VIRAM PAI E FILHO E ATÉ MUDAM SEUS JEITOS DE SER POR CAUSA DO OUTRO".
indicação: À TARDINHA, PAG, 7

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

HORA DO CONTO - SETEMBRO/09

BLOCO VIII - PRIMAVERA LITERÁRIA
OBJETIVO:
  • INCENTIVAR A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE
  • INCENTIVAR O RESPEITO ÀS DIFERENÇAS
  • CELEBRAR A PRIMAVERA
DATAS:
11/09/09
25/09/09

ATIVIDADE:
  • LEITURA GRUPAL DO LIVRO: "A FLORESTA POLUÍDA"
  • PLANTAÇÃO DE MUDAS NO JARDIM DA BIBLIOTECA
  • CRIAÇÃO DE MURAL ILUSTRANDO A PRIMAVERA
NÃO PERCA!!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Livros mais lidos na BPF - julho/2009

3 vezes lidos
Vidas Secas - Graciliano Ramos
2 vezes lidos

Viva o Povo Barasileiro - João Ubaldo Ribeiro
Macúnaima - Mário de Andrade
Doidinho - José Lins do Régo

"...aprender não é um ato findo. Aprender é um exercício constante de renovação..."
(Paulo Freire)

GRANDES LEITORES

Agosto/2009
Escreva seu nome neste espaço
Mostre, com orgulho, que você é um(a) leitor(a)

Mulheres
1º lugar
--- --- ---
2º lugar
a) Marcia Cardoso Silva (5 livros)
3º lugar
a) Ladailza Gonçalves Teles (3 livros)
b) Ana Carine Belo Rocha (2 livros)
c) Jucilene Ferreira Cerqueira (2 livros)
d) Laiane Silva de Lima (2 livros)
e) Maria Helena Paim Marques (2 livros)
f) Nairam Raiara dos Santos Barbosa (2 livros)
g) Valda Santos Brito da Silva (2 livros)
Homens
1º lugar
--- --- ---
2º lugar
a) José Edemilson Pereira dos Anjos (4 livros)
3º lugar
a) Dalvan de Paula Silva (3 livros)
b) Fernando Luís S. Damaceno (3 livros)
c) Nilton Ariston Lobo Filho (3 livros)
d) Wilson Ramos Pereira (3)

REGRA
lugar - 6 ou mais livros lidos no mês
lugar - 4 ou 5 livros lidos no mês
lugar - 2 ou 3 livros lidos no mês

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Curso de especialização em gestão cultural

O Observatório Itaú Cultural e a Cátedra Unesco em Gestão Cultural da Universidade de Girona, na Espanha, oferecem curso de especialização em gestão cultural, com o apoio da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI).
O curso gratuito, com 35 vagas, será realizado entre setembro de 2009 e julho de 2010 com módulos presenciais e virtuais.
Ele é voltado para graduados em ciências humanas (artes, literatura, sociologia, história, antropologia, direito, administração, economia etc.) e para profissionais com nível superior de qualquer área com experiência em instituições culturais (museus, centros de cultura, secretarias e ministérios, institutos culturais etc.).
As inscrições vão até 31 de agosto de 2009 com o preenchimento de formulário on-line. Após o preenchimento da ficha de inscrição, será enviado ao e-mail do candidato um número de cadastro e informações para o envio, novamente por e-mail, dos documentos necessários à seleção: currículo e carta de intenção de uma lauda.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

HORA DO CONTO

NÃO PERCA!!

OBJETIVO: VALORIZAR A CULTURA POPULAR BRASILEIRA

DATA: 28/08/09

ATIVIDADE:
  • CONTAÇÃO DE HISTÓRIA COM FANTOCHE
  • APRESENTAÇÃO DE HIP-HOP
  • CANTIGAS DE RODA
  • JOGOS

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

4ª Mobilização Literária da EMRedando Leituras

4ª MOBILIZAÇÃO LITERÁRIA
REALIZAÇÃO: EMRedando Leituras (rede de incentivo à práticas leitoras)
RESPONSÁVEL: BIB. COM. DE ILHA AMARELA
LOCAL: PARQUE SÃO BARTOLOMEU/PIRAJÁ
QUANDO: 15/08/09, amanhã
HORÁRIO: 08 H às 12 H
A concentração acontecerá em frente à Bib. Com. de Ilha Amarela. Em seguida, o cortejo partirá para o interior do Parque São Bartolomeu/Pirajá onde acontecerão atividades de mediação de leitura.
PARTICIPE
TRAGA SUA FAMÍLIA

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

HORA DO CONTO


VENHA, PARTICIPE! VAI SER DEMAIS.

Data: 14/08/09
Atividade:

  • Leitura grupal das lendas: Negrinho do Pastoreio, Curupira, Boi Tatá
  • Brincadeiras Tradicionais

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

VII Conferência Municipal de Assistência Social

"Participação e Controle Social no Sistema Único de Assistência Social - SUAS" foi o tema da 7ª Conferência Municipal de Assistência Social ocorrida nos dias 4 e 5/08/09.
O SOFIA Centro de Estudos foi representado por Ladailza Gonçalves Teles. A representante do SOFIA, que também é estudante de Serviço Social pela UCSal, foi uma das eleitas delegadas para a Conferência Estadual a ser realizada.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

VII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Com o tema “Construindo Diretrizes da Política e do Plano Decenal”, aconteceu a VII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente no período de 29 a 31/07/09, na cidade de Salvador. O SOFIA – Centro de Estudos foi representado por Ladailza Gonçalves Teles.
A discussão acerca dos direitos da criança e do adolescente é de grande relevância para toda a sociedade. São 19 anos de ECA: os direitos da criança e o adolescente ainda não são, plenamente, respeitados, principalmente daqueles mais empobrecidos e moradores das periferias das pequenas e grandes cidades. Os desafios ainda são imensos; há uma grande distância entre o Brasil legal e o Brasil real. No último dia da Conferência, foram eleitos os delegados para a Conferência Estadual.

Diário de Anne Frank passa a fazer parte do registro Memórias do Mundo da Unesco

O livro, que conta as dificuldades enfrentadas pela família de Anne, judia, durante as perseguições nazistas na Holanda, entrou para a lista de documentos importantes para a história do mundo organizada pela Unesco. A decisão, anunciada na sexta-feira, 31 de agosto, na página do projeto, integra mais 35 títulos à lista. O Programa Memórias do Mundo teve início em 1997, com o objetivo de preservar o acervo de arquivos e bibliotecas dos mais diversos países e disseminar seu conhecimento.
FONTE: Boletim do PNLL, edição nº 167 - 03 a 09/08/2009 (transcrição integral)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Grandes Leitores

Julho/2009
Escreva seu nome neste espaço
Mostre, com orgulho, que você é um(a) leitor(a)

Mulheres
1º lugar
a) Ladailza G. Teles (7 livros)
b) Geovana Pitombo Ferreira (6 livros)
c) Jucilene F. Cerqueira (6 livros)
2º lugar
a) Valda Santos Brito da Silva (4 livros)
3º lugar
a) Ariane Cerqueira Santos (3 livros)
b) Débora Santos de Brito da Silva (3 livros)
c) Nairan Raiara dos Santos Barbosa (3 livros)
d) Rosalia Bispo de Souza (3 livros)
e) Rosangela Lima de Oliveira (3 livros)
f) Jaiane dos Santos (2 livros)
g) Jeane Rodrigues dos Santos (2 livros)
Homens
1º lugar
a) Antonio Nascimento de Jesus (7 livros)
2º lugar
a) Armando Angelo Nascimento (5 livros)
b) José Edemilson P. dos Anjos (5 livros)
c) Alexandre Abade Souza (4 livros)
d) Nilton Ariston Lobo Filho (4 livros)
3º lugar
a) Dalvan de Paula Silva (2 livros)
b) Manoel de Jesus Souza (2 livros)
c) Jerbson Rodrigues Campos (2 livros)

REGRA
1º lugar - 6 ou mais livros lidos no mês
2º lugar - 4 ou 5 livros lidos no mês
3º lugar - 2 ou 3 livros lidos no mês

sábado, 1 de agosto de 2009

Livros mais lidos na BPF em julho/2009

5 vezes lidos
O Zahir, Paulo Coelho
Viva o povo Brasileiro, João Ubaldo Ribeiro
4 vezes lidos

Macunaíma, Mário de Andrade
O Último Vôo do Flamingo, Mia Couto
Vidas Secas, Graciliano Ramos
3 vezes lidos

As Meninas, Lygia Fagundes
As Vítimas Algozes, Joaquim Manoel de Macedo
Doidinho, José Lins do Rego
Dom Casmurro, Machado de Assis

"...aprender não é um ato findo. Aprender é um exercício constante de renovação..." (Paulo Freire)

HORA DO CONTO

VENHA, PARTICIPE!
A HORA DO CONTO DO MÊS DE AGOSTO ESTÁ DEMAIS!!


BLOCO VII – FOLCLORE E LITERATURA
Objetivo
Valorizar a cultura popular brasileira
Público
Crianças de escolas municipais, creche comunitária, comunidade
Data: 07/08/09
Atividade:

  • Leitura grupal das lendas: Boto Cor de Rosa, Mula sem Cabeça, Lobisomem
  • Mostra de Video
Data: 14/08/09
Atividade:
  • Leitura grupal das lendas: Negrinho do Pastoreio, Curupira, Boi Tatá
  • Brincadeiras Tradicionais
Data: 28/08/09
Atividade:

  • Leitura grupal de parlendas e trava línguas

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Manifesto por um Brasil literário

"O Instituto C&A, se somando às proposições da Associação Casa Azul – organizadora da Festa Literária Internacional de Paraty -, à Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, ao Instituto Ecofuturo e ao Centro de Cultura Luiz Freire, manifesta sua intenção de concorrer para fazer do País uma sociedade leitora. Reconhecendo o êxito já conferido, nacional e internacionalmente à FLIP, o projeto busca estender às comunidades, atividades mobilizadoras que promovam o exercício da leitura literária.
Reconhecemos como princípio o direito de todos de participarem da produção também literária. No mundo atual, considera-se a alfabetização como um bem e um direito. Isto se deve ao fato de que com a industrialização as profissões exigem que o trabalhador saiba ler. No passado, os ofícios e ocupações eram transmitidos de pai para filho, sem interferência
da escola.
Alfabetizar-se, saber ler e escrever tornaram-se hoje condições imprescindíveis à
profissionalização e ao emprego. A escola é um espaço necessário para instrumentalizar o sujeito e facilitar seu ingresso no trabalho. Mas pelo avanço das ciências humanas compreende-se como inerente aos homens e mulheres a necessidade de manifestar e dar corpo às suas capacidades inventivas.
Por outro lado, existe um uso não tão pragmático de escrita e leitura. Numa época em que a oralidade perdeu, em parte, sua força, já não nos postamos diante de narrativas que falavam através da ficção de conteúdos sapienciais, éticos, imaginativos.
É no mundo possível da ficção que o homem se encontra realmente livre para pensar, configurar alternativas, deixar agir a fantasia. Na literatura que, liberto do agir prático e da necessidade, o sujeito viaja por outro mundo possível. Sem preconceitos em sua construção, daí sua possibilidade intrínseca de inclusão, a literatura nos acolhe sem ignorar nossa incompletude.
É o que a literatura oferece e abre a todo aquele que deseja entregar-se à fantasia.
Democratiza-se assim o poder de criar, imaginar, recriar, romper o limite do provável. Sua fundação reflexiva possibilita ao leitor dobrar-se sobre si mesmo e estabelecer uma prosa entre o real e o idealizado.
A leitura literária é um direito de todos e que ainda não está escrito. O sujeito anseia por conhecimentos e possui a necessidade de estender suas intuições criadoras aos espaços em que convive. Compreendendo a literatura como capaz de abrir um diálogo subjetivo entre o leitor e a obra, entre o vivido e o sonhado, entre o conhecido e o ainda por conhecer; considerando que este diálogo das diferenças – inerente à literatura – nos confirma como redes de relações; reconhecendo que a maleabilidade do pensamento concorre para a construção de novos desafios para a sociedade; afirmando que a literatura, pela sua configuração, acolhe a todos e concorre para o exercício de um pensamento crítico, ágil e inventivo; compreendendo que a metáfora literária abriga as experiências do leitor e não ignora suas singularidades, que as instituições em pauta confirmam como essencial para o País a concretização de tal projeto.
Outorgando a si mesmo o privilégio de idealizar outro cotidiano em liberdade, e movido pela intimidade maior de sua fantasia, um conhecimento mais amplo e diverso do mundo ganha corpo, e se instala no desejo dos homens e mulheres promovendo os indivíduos a sujeitos e responsáveis pela sua própria humanidade. De consumidores passa-se a investidores na artesania do mundo. Por ser assim, persegue-se uma sociedade em que a qualidade da existência humana é buscada como um bem inalienável.
Liberdade, espontaneidade, afetividade e fantasia são elementos que fundam a infância. Tais substâncias são também pertinentes à construção literária. Daí, a literatura ser próxima da criança. Possibilitar aos mais jovens acesso ao texto literário é garantir a presença de tais elementos – que inauguram a vida – como essenciais para o seu crescimento. Nesse sentido é indispensável a presença da literatura em todos os espaços por onde circula a infância. Todas as atividades que têm a literatura como objeto central serão promovidas para fazer do País uma sociedade leitora. O apoio de todos que assim compreendem a função literária, a proposição é indispensável. Se é um projeto literário é também uma ação política por sonhar um País mais digno".

Bartolomeu Campos de Queirós
Junho de 2009

Comissão aprova biblioteca escolar

Foi aprovada, no último dia 15, proposta que trata da instalação de bibliotecas em todas as escolas de educação básica no país. O texto também exige a presença de bibliotecários de nível superior, que o acervo seja atualizado constantemente e haja disponibilidade de internet. A proposta define um prazo de cinco anos para a implementação das medidas. De acordo com o deputado Alex Canziani (PDT-PR), em entrevista à Agência Câmara, os projetos vêm em socorro da qualidade da educação brasileira.
FONTE: Boletim do PNLL, edição nº 166 - 27/07 a 02/08/2009 (transcrição integral)

terça-feira, 28 de julho de 2009

Jovens da comunidade católica de Itacaranha se reúnem na BPF



Jovens da igreja católica do bairro de Itacaranha, acompanhados pela catequista Raquel, realizaram encontro de integração na Biblioteca Comunitária Paulo Freire no dia 25/07.
A programação do encontro previa, também, a participação da equipe de educadores da BPF, que contribuiu com atividades de leitura e produção textual.

BPF recebe crianças do projeto Educar para a Vida



No dia 22/07, quarta-feira, a Biblioteca Comunitária Paulo Freire recebeu crianças integrantes do projeto Educar para a Vida, desenvolvido pelo Centro Espírita Cruz da Redenção, com sede em Periperi.
Como atividade pedagógica, a visita foi planejada com a finalidade de possibilitar que as crianças conheçam uma biblioteca. Foi-lhes mostrado o acervo bibliográfico e as instalções físicas e explicou-se-lhes como funciona o empréstimo de livros.
Sempre acompanhados por Ladailza, a responsável pela BPF, puderam ler livros de sua escolha e escutar histórias.

"LER OU NÃO SER. EIS A QUESTÃO"

Reserve um horário durante o dia, um espaço na sua rotina, alguns dias da semana para ler um livro. Com certeza, sua vida será mais saudável e você estará investindo em seu próprio intelecto. Assim como o alimento é necessário para o corpo, a leitura é indispensável para o espírito. Leia. Cultive o hábito da leitura.
O livro é um amigo incondicional, imortal. Aprecie-o, indique-o a alguém, não o abandone, visite-o periodicamente. Leia um, dois, três, dez, trinta, cem, duzentos, todos os livros que quiser ou puder. Conserve-os com carinho na sua modesta biblioteca e chame-os de amigos, eternos amigos no acervo do seu coração
1.Leia, procure se adaptar a um estilo literário que mais lhe agrada.
2.Leia revistas e jornais para ficar atualizado e desenvolver seu senso crítico sobre diversos assuntos atuais. Atualize-se, não perca tempo porque o tempo é um bem precioso.
3.Monte uma biblioteca em sua residência ou na empresa.
4.Freqüente e associe-se nas bibliotecas de sua cidade.
5.Leia com seus filhos e incentive-os desde pequenos a cultivarem o hábito da leitura.
6.Muita gente diz que não gosta de ler, que não tem tempo e dão outras desculpas inaceitáveis, mas ficam horas e horas na Internet. A Internet jamais substituirá a importância do livro. Portanto, é preciso conscientizar as crianças, os jovens e também os adultos a fazerem o bom uso da Internet que é um instrumento espetacular e fundamental nessa nova era, mas jamais desprezar a função dos livros durante nossa formação profissional e intelectual.
7.Quem lê consegue desenvolver técnicas de redação. Uma grande porcentagem de pessoas são reprovadas no vestibular e em entrevistas nas empresas porque não lêem.
8.As grandes produções do cinema e da televisão nasceram nas páginas de um livro.

FONTE: http://www.luizinhobastos.com/incentivo.asp

sexta-feira, 24 de julho de 2009

LER É BOM

autor: Ziraldo
Editado pela primeira vez em 1980, conta a história do Gato-de-Botas que arma um exército para libertar a Bela Borboleta.

" -- Parem... ela está logo ali,
depois da virada. Preparem-se
para ter uma emoção: vocês vão
ver a borboleta mais bonita que
eu jávi na minha vida!"

LER É BOM

TITULO: O PÁSSARO SEM COR
AUTOR: LUÍS NORBERTO PASCOAL

*****************************************

"Livro: gênero de primeira necessidade." [ Ziraldo ]

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Salas de cinema e similares veicularão campanhas educativas de utilidade pública

Lei Nº 11.487 de 21/07/2009
Dispõe sobre a obrigatoriedade das salas de cinema e similares destinarem espaço nas suas programações para veiculação de campanhas educativas de utilidade pública.

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º - As salas de cinema e similares que utilizem telão ficam obrigadas a destinar o tempo de 2 (dois) minutos antes da exibição de cada uma das sessões, à veiculação de campanhas educativas e de utilidade pública, quando solicitado pelas autoridades competentes, tendo como conteúdo os seguintes temas:
I - AIDS e outras doenças infecto-contagiosas;
II - antidrogas e antitabaco;
III - combate à prostituição, à exploração infantil e a todo tipo de discriminação e preconceito;
IV - estímulo à doação de órgãos;
V - estímulo à doação de sangue;
VI - estímulo à prática de atividades físicas e esportivas;
VII - preservação do meio ambiente;
VIII - preservação do patrimônio público e histórico;
IX - ações voltadas à valorização da cidadania e inserção social.
Art. 2º - Os estabelecimentos a que se refere o art. 1º terão o prazo de 2 (dois) dias a partir do recebimento do filme para iniciar as veiculações.
Parágrafo único - O período mínimo de veiculação das campanhas será de 7 (sete) dias ininterruptos.
Art. 3º - Fica estabelecida multa no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) aos estabelecimentos que descumprirem a presente Lei, por cada sessão em que deixar de ser exibido o filme relativo à campanha solicitada pela autoridade competente.
Art. 4º - O Poder Executivo regulamentará a presente Lei, estabelecendo inclusive os mecanismos de distribuição, acompanhamento e controle das exibições, quando solicitado.
Art. 5º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 21 de julho de 2009.

JAQUES WAGNER
Governador
Carlos Mello
Secretário da Casa Civil, em exercício

Publicada D.O.E. Em 22.07.2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

O livro e a América

"Por isso na impaciência
Desta sede de saber,
Como as aves do deserto -
Oh! Bendito o que semeia
Livros, livros à mão cheia...
E manda o povo pensar...
O livro caindo n’alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar".
(Castro Alves

terça-feira, 21 de julho de 2009

Planos estaduais e municipais do livro e leitura

O PNLL e os ministérios da Cultura e da Educação estão preparando, com o apoio e parceria do Instituto Pró-Livro e equipe de consultores, um encontro para lançar os documentos que darão substância e orientação à feitura de Planos Estaduais do Livro e Leitura (PELL) e Planos Municipais do Livro e Leitura (PMLL). O evento acontecerá em Brasília no mês de setembro. Essa ação está prevista desde os primeiros passos do PNLL e, embora já tenhamos alguns estados e municípios implantando seus planos, será um importante evento de estímulo e orientação para que o Plano Nacional do Livro e da Leitura se concretize em todo o país. Mais informações nos próximos boletins.

Fonte: transcrito integralmente do Boletim do PNLL, edição nº 165 - 20 a 26/07/2009

Vale Cultura

O presidente Lula lança oficialmente nesta quinta, dia 23, o projeto de lei que institui o Vale Cultura. Segundo a revista IstoÉ Dinheiro, a expectativa é de que cerca de R$ 700 milhões sejam direcionados para atividades culturais todo mês. Ou seja, em um ano, o Vale Cultura teria o impacto de oito Leis Rouanet e com a vantagem de que "o benefício gerado em nome de um trabalhador de um rincão do Nordeste ficaria lá mesmo e não em uma sala de espetáculo do Sudeste, subsidiando a diversão da classe A".

Fonte: transcrito integralmente do Boletim do PNLL, edição nº 165 - 20 a 26/07/2009

segunda-feira, 20 de julho de 2009

20 DE JULHO, DIA DO AMIGO


DEZ ANOS DA TURMA DO XAXADO


A Turma do Xaxado está completando dez anos de vida editorial. E para celebrar o aniversário, o cartunista baiano Antonio Cedraz, criador dos personagens, organizou o Projeto Xaxado Itinerante. O projeto apresenta, além de uma exposição de quadrinhos produzidos por Cedraz e diversos artistas convidados (como Bira Dantas, Flávio Luiz, Sidney Falcão, Lailson de Holanda, Spacca, Cau Gomez, João Marcos, Lucas Lima, Hector Salas e outros), um álbum especial de luxo no formato 21 x 28 cm, desfilando mil tiras da Turma do Xaxado em 215 páginas.
A Turma do Xaxado é formada por personagens tipicamente brasileiros, cada um com seu jeito próprio de falar, pensar e agir, passando pelas várias classes econômicas, graus de instrução etc. É uma turminha heterogênea como o povo brasileiro, vivendo historias que falam da nossa terra, encantos e problemas, mas sem perder de vista a universalidade da experiência humana.

Fonte: http://turmadoxaxado.blogspot.com/

segunda-feira, 13 de julho de 2009

BPF participa do I Encontro Estadual de Pontos de Cultura da Bahia



Nos dias 8 a 10/07/09, aconteceu o I Encontro Estadual de Pontos de Cultura da Bahia. O evento ocorreu em Salvador e contou com a participação de todo o estado através da articulação de representantes de Pontos de Cultura dos 26 Territórios de Identidade da Bahia.
O SOFIA - Centro de Estudos/Biblioteca Comunitária Paulo Freire foi representado por José Edemilson, coordenador do Ponto de Cultura Estação SOFIA: nos trilhos da cultura, integrante da rede municipal de pontos de cultura, coordenada pela Fundação Gregório de Mattos.